ir parar home > Blog > Riscos da exposição da pele ao sol e como se prevenir
17 nov

Riscos da exposição da pele ao sol e como se prevenir

O verão está chegando e com ele tudo aquilo que a gente ama: a praia, o sol, o mar e alguns dias de descanso para aproveitarmos. Mas é preciso estar atento! Muito cuidado na hora de se bronzear, se expor sem as devidas proteções ou exagerar na dose pode resultar no efeito contrário ao que você espera e ao invés de voltar das férias linda e bronzeada, você corre o risco de pegar insolação ou se queimar e ficar vermelha como um camarão.

A falta de cuidados com a sua pele em relação ao sol pode gerar vários problemas e até causar doenças de pele, indo muito além do que somente a estética. Entenda quais são os riscos da exposição da pele ao sol e como se prevenir para aproveitar somente o melhor do verão!

Riscos do sol para a pele e como evitá-los

Calma, você não precisa se trancar dentro de casa e fechar todas as janelas! Tomando os cuidados necessários, você pode aproveitar o sol e até pegar aquela cor que deseja sem se preocupar. O excesso de sol pode trazer prejuízos à saúde da pele, mas com medidas simples é possível aproveitá-lo sem colocar a pele em risco.

Riscos da exposição excessiva do sol a pele

  • • Provoca queimaduras
  • • Pode causar vários tipos de foto dermatoses (doenças de pele), algumas delas são:

Melasmas (manchas de sol de tom marrom)

Fitofotodermatoses (manchas que resultam de uma inflamação pelo contato da pele com algumas frutas, principalmente as cítricas, como limão)

Queratose (uma ferida áspera que pode se tornar câncer de pele)

  • • Pode agravar algumas doenças e problemas como lúpus, cloasma, urticária solar, acne e o vitiligo.
  • • Provoca, a longo prazo, o envelhecimento cutâneo precoce.
  • • Perda de elasticidade e aparecimento de rugas
  • • Problemas de visão: O excesso de luminosidade pode causar problemas de visão, como catarata, pterígio e até câncer nas pálpebras.
  • • Câncer de pele.

Cuidados para se proteger do sol

  • • Lembre-se do protetor solar!

Esse passo todo mundo já sabe, mas muita gente ainda acha que é bobagem. O protetor solar é um dos itens mais importantes para o cuidado da pele, já que os raios ultravioletas dos raios solares (UV) podem causar desde uma pequena vermelhidão a queimaduras graves, envelhecimento precoce e até o câncer da pele e os protetores solares impedem que os raios solares UVA, cheguem à camada interna da pele (a derme) e os raios UVB, que atingem a camada mais externa (a epiderme).

Mas nada de passar o protetor solar quando já estiver na praia ou na piscina! Para que o protetor solar estabilize na pele demora cerca de 20 a 30 minutos, por isso, aplique o produto 20 a 30 minutos antes de se expor ao sol.

Exposição da pele ao sol protetor solar

  • • Evite o sol do 12h00 as 16h00, nesses horários há uma maior emissão dos raios ultravioletas, conhecidos por causar câncer de pele e, portanto, não é recomendado se expor ao sol neste horário.
  • • Use chapéus e óculos escuros para proteger os olhos e o rosto dos raios solares
  • • Beba bastante líquido como água, água de coco ou sucos de frutas, evitando as bebidas alcoólicas, e ingira alimentos frescos.

Antes de colocar o pé na estrada, que tal se preparar para o verão com a depilação Não+Pelo? Agende já a sua avaliação gratuita ????

Fique atenta a todas essas informações e aproveite o seu verão da melhor forma possível!