ir parar home > Blog > Como funciona a fotodepilação e porque ela é duradoura
27 abr

Como funciona a fotodepilação e porque ela é duradoura

A depilação é um hábito comum no dia a dia de muitas mulheres e homens. Mas, dependendo do método utilizado, a remoção dos pelos pode acabar não atingindo um resultado satisfatório. É justamente por isso que a fotodepilação vem caindo nas graças de várias pessoas.

Mas apesar disso, muita gente ainda fica na dúvida sobre o que é esse procedimento ou como ele funciona. Se você é uma delas, então continue lendo esse artigo e descubra:

  • O que é fotodepilação;
  • Como funciona esse procedimento;
  • Por que seus efeitos são duradouros em relação aos demais procedimentos;
  • Quem pode fazer a fotodepilação.

Confira!

O que é fotodepilação

Para quem não conhece, fotodepilação nada mais é do que um procedimento indicado para remoção de pelos, que utiliza luz pulsada intensa (IPL).

Esse método não é invasivo e seus efeitos promovem a eliminação duradoura dos pelos, garantindo assim um excelente resultado na remoção dos pelos indesejáveis.

Dependendo da quantidade de pelo a ser removido, já é possível identificar os resultados da fotodepilação logo nas primeiras sessões.

Como funciona a fotodepilação

A fotodepilação tem como base o uso da Luz Intensa Pulsada, ou também conhecida pela sigla IPL.

Estas por sua vez, são ondas de luz de comprimentos diversos, que atuam na raiz do pelo, eliminando suas células germinativas e garantindo a remoção duradoura dos pelos, que pode ser alcançada de forma indolor, quando considerado a outros métodos de depilação.

Visando garantir uma maior proteção para a pele, os equipamentos utilizados na fotodepilação, apresentam um sistema de refrigeração à água, que é responsável por manter a temperatura da pele em condições adequadas e que não comprometa o seu bem estar, enquanto o calor das ondas de IPL promovem a eliminação dos pelos a cada sessão.

Por que os efeitos da fotodepilação são mais prolongados

Muitas pessoas se perguntam por que os efeitos da fotodepilação são mais duradouros que os de outros procedimentos de depilação. Isso acontece devido à ação da luz pulsada intensa, que age diretamente nas células que dão origem a esses pelos, impedindo o seu crescimento.

Com isso, este procedimento garante não só a remoção dos pelos já existentes com mais facilidade, como também retarda o nascimento de novos pelos.

À medida que a manutenção desse método vai sendo realizada, é possível que novos pelos surjam apenas depois de anos, representando assim um ótimo custo benefício para quem deseja se livrar dos pelos indesejáveis por um longo período de tempo.

Além disso, a aplicação da Luz Pulsada Intensa, também garante outros benefícios, como o rejuvenescimento da pele, já que estas ondas de luz estimulam a produção de colágeno.

Com a aplicação de luz pulsada intensa também é possível reduzir as rugas e linhas de expressão, assim como manchas e acnes presentes na pele, melhorando assim o visual do rosto como um todo.

Quem pode fazer a fotodepilação

No geral, grande parte das pessoas podem adotar este procedimento de depilação.

Apenas quem for portador de doenças fotossensibilizantes é que não podem realizar a fotodepilação. As pessoas com pele negra, também são contraindicadas para este procedimento, já que o excesso de melanina presente em sua pele pode acabar comprometendo o resultado final, ou mesmo gerando danos ao seu bem estar.

Gostou? Então acesse agora mesmo o nosso site e agenda a sua avaliação gratuita na Não+Pelo mais próxima!